Menu

As criações de Alberto Sabino são atemporais e diferentes

As criações de Alberto Sabino são atemporais e diferentes. O resultado de suas coleções reflete a personalidade eclética do autor, que tem a liberdade de usar diversos tipos de materiais, de uma maneira muitas vezes inesperada. Assim, pedras podem estar juntas a acrílicos, madeiras, resinas e outros materiais, privilegiando o design e a criação acima de tudo. Suas peças únicas são então chamadas de joias pela imprensa especializada e clientes mais pela exclusividade e acabamento do que, muitas vezes, pela nobreza intrínseca de cada material utilizado. Seu trabalho é reconhecido internacionalmente, e Sabino é um dos designers listados pelo Fashion Model Directory, entre os mais criativos e destacados no mercado

Link para o meu site 

(por www.rioinformal.com/alberto-sabino/)

História da Fotografia nos Casamentos

Nosso colaborador Alberto Sabino fez palestra sobre a “História da Fotografia nos Casamentos” no curso realizado nesta quarta-feira, 31 de outubro, na Casa Julieta de Serpa.  Sabino foi convidado por Manoela César, do Blog Colher de Chá Noivas e por Fernanda Britto, ambas também palestrantes nesta imersão pelos códigos de celebração.
Foram oito horas com muitas atrações além das palestras, como exposições, degustações de receitas antigas e modernas, desfile de roupas de época e um grand finale com Morana Silveira cantando Habanera, da ópera Carmen de Bizet.
A ambientação histórica e decoração primorosa foi feita por Tereza Reis Eventos.
Um curso muito exclusivo para trinta pessoas, com a presença de importantes profissionais da área de casamentos e mulheres da sociedade interessadas neste tema tão importante e que nos apresenta as melhores e, muitas vezes mais luxuosas, festas da atualidade.

O curso confirma a presença de Alberto Sabino também na área de Comportamento e consultoria, além do design de Moda.  Seu grupo “Etiqueta Moderna” conta com dezenas de milhares de seguidores e seu vídeo como especialista na entrevista com Tatá Werneck está chegando a dois milhões de visualizações.

(por www.rioinformal.com/alberto-sabino/)

Scroll Up