REGISTRO TOM JOBIM (por Eliana Mora)

[...] Ah, quem me dera ser poeta
pra cantar em seu louvor
belas canções, lindos poemas
e doces frases de amor
..
Tom Jobim  
..
“Quando uma árvore é cortada ela renasce em outro lugar. Quando eu morrer, quero ir para esse lugar, onde as árvores vivem em paz.”
.
Tom Jobim
1927/25-fev-1994
.
Eliana Mora, 24/01/2018
.

.

TRIANGULAR HOUR

O céu do meu coração cai
assim de repente
a procurar caminhos leves
absurdos
distantes até mesmo de mim
 
Um céu de coração é mesmo
incomum
não diz mesmo a que veio
ataca
clareia
faz brilhar as intenções mais simples
 
Pode acreditar
nessa ‘hora triangular’
de Dali
[só não sei porque estou falando disso agora]
.
Eliana Mora, 24/01/2018
.
Salvador Dali_Triangular Hour

.

SAUDADE

patrimônio intocável

lugar inerte
desvalido
desvairado

canto de luta
de uma alma

[que perdeu]

Eliana Mora,  janeiro/2020 

OBRA DE ARTE E TEXTOS

Truques de um céu. A cada dia revela mais e mais talentos – como mago. Mais do que cada um de nós ousa [ou pensa] conhecer. Mais do que talvez ele próprio possa perceber. [El]

ENTRE ALGUMAS NUVENS

A vasta cerração
estava ali
e eu queria apenas ver o céu
aquele dos poetas
‘seresteiros, namorados’
então cantei

E as nuvens
como que me ouviram
e se abriram em roda
a me mostrar
uma nesga

do azul

Eliana Mora, 12/11/2017

OBRA DE ARTE E TEXTOS

As horas. O tempo. As teorias de todos os cantos do mundo. E nós. Apenas a viver a realidade do tempo.
Da melhor maneira que pudermos.
Ou assim – como pintou Dali.
[El, 21/12/17]

AQUI JAZ

Meu corpo se divide em dois – e chora
toda a beleza de te amar
se veste, assim,
com retalhos de cetim
e canta
toda a beleza de te amar

porque chorar
muitas vezes não compensa
amar sim
aumenta a temperatura dos pés
arrasta a fase obscura ao fim do viés
e rasga
a necessidade de parar
.
meu corpo veste a ti
hoje [ainda]
porque assim o quer
.
.
[por que nele ainda jaz]


Eliana Mora, 24/setembro/2019

OBRA DE ARTE E TEXTOS

Quantos “E.T.” não gostariam de estar ‘voltando para casa’? Ou para o lugar que somente pudesse fazer bem a eles. Um canto. Um lugarzinho, sua ‘árvore’, onde enfim faria enormes [ou pequenas] confissões. Pois é. Nem sempre ‘voltar’ significa ter encontrado. Ou ‘partir’ se parece com alívio. Este é o sentimento que me moveu [e na hora eu nem sabia] quando vi o belíssimo E.T. do filme assim, nessa arte. E me senti a procurar, a voltar, a desejar. Tudo, enfim.[Eliana Mora, 11/12/19]

INTERPRETAÇÃO DE SONHO

E se você seguir o beija flor
verá que nada em sua vida
é sem graça

voa
namora a flor
dança balé
rodopia
dia a dia
sempre a beijar

pois bem:
e eu me pergunto
no que será que ele pensa
quando está a cortejar
e namorar o jardim?

parece que nem se lembra
de que já sorriu
pra mim

Parece que já nem sabe
de que cor
é a flor

de mim

Eliana Mora, 18/05/2016

DIS DIÁLOGOS DE CATUNDA: Novos diálogos com Antonio Gutman e Cara ou Coroa (MINIPEÇA)

Novos diálogos com Antonio Gutman

C: O que é que tinha lá,
na latinha?

G: posso enlatar carne enlatada.
I can can canned meat.

C: Com a caneta anoto o canino cânone do opus de Canopus.
Um peru do Perú comeu uma turquesa e se transformou na Turquia.

G: o turco faz truques com o Duque e a Duquesa.

C: Educar alho?
É truculento!

G: ESTUDO
EIS TUDO.

C: Eis tucupi, estúpido Cupido tupi.

G: o tiro saiu pela culatra
e atingiu a cultura.
Tupi
or not tupi
tupiniquim

C: Um tira atira no tirocínio:
Culturicídio.

G: qualquer cídio
é uma city
insensível.

C: Leve o penico para o picnic.

G: um pico
no nico.
alguém vai pagar mico!

C: O Kung Fu Xico.

G: King Kong.
o Kung Fu da floresta.

C: O Símio-símbolo heróico do império setentrional.

G: o macaco não se manca,
só monkey!

C: O atazanado Tarzan só trabalha de macacão.

G: boy and Jane
Jane and boy
o mundo do Tarzan
na áfrica do weissmuller.

C: O Weissmuller tem a ver com o ex-mulher?

G: tem a ver com a ex-posa!

C: Falam de paradoxo, paranóia parapsicologia parafarmácia, paraleleípedo, Pará, Paraná, Paraíba, Parangaba, Parati, Paralamas,parafuso, parachoque, paroxismo. Só não falam do paraíso.
Quem vai parar com essa parafernália infernal?

G: paraíso?
para com isso
prefiro a parnasiana
ou a marciana
e escolher o par ideal
para me fazer feliz
aqui ou no inferno astral!

C: Santo Antônio casamenteiro
é patrono dos Antônios
do Baixo Copa.

G: São Catunda, protetor dos amigos e dos poetas.

C: Não protrejo.
Quem potreje é o potro.
E é de burro e jumento
que precisamos.
Não de cavá-lo.

G: a covinha dela
me convinha.

C: Com o vento, vá lá,
na vala do convento.

Cara ou Coroa (MINIPEÇA)

Coroa: você está sempre do lado oposto.
Cara: tudo é relativo.
Coroa: a rainha não me tira da cabeça.
Cara: monarquias e balzaquianas andam sem prestígio.
Coroa: sem mim, a moeda não teria casta nem lastro.
Cara: as revoluções que o digam.
Coroa: não sejas descarada.
Cara: invejas o meu carisma.
Coroa: quando nos jogam para cima, você fica sempre por baixo.
Cara: coronela de província.
Coroa: carambola despencada.
Cara: chumbo de dentista.
Coroa: carona de lotação.
Cara: os caras estão de olho em mim.
Coroa: o Czar se sentia em Roma, quando me embolsava.
Cara: só o mendigo nos aprecia, quando nos encontra na calçada.
Coroa: o ladrão é um bígamo que mata por nós.
Cara: o Banco Central é um cínico que nos usa na usura.
Coroa: somos a tentação dos corruptos, que vivem e morrem por nós.
Cara: os falsários nos acham fáceis.
Coroa: éramos ouro e prata, agora não passamos de níqueis.
Cara: pra eles, nunca passamos de patacas.
Coroa: vamos nos unir, quem sabe valeremos uma medalha.
Cara: Eles nos pagam.

(por www.rioinformal.com/marcio-catunda/)

Scroll Up