Cheila de Paula Campos

Olá sou Cheila de Paula Campos e gostaria de me apresentar à você!  Trabalho com moda há long long time a go, e nesta             área, devo te dizer que o tempo, NESTA CAMINHADA foi tão rápido e tanto trabalho que nem percebi que se vão 30 anos de experieência. 

Em 1978 abri minha primeira loja multimarcas que só  vendia as melhores  marcas de São Paulo, B.H  E RIO.  Tive 5 lojas durante 15 anos!  Resolvi alçar outros vôos, vendi as lojas e comecei com confecção!! Queria criar, produzir  e ter minha própria marca! Bombei!!!! Queria um produto diferenciado e que ninguém fabricasse!!! Fui pra NY e Londres pesquisar,  não queria trabalhar com tecidos nacionais, então, comecei a importar, só eu tinha aqueles tecidos maravilhosos, devoré frances, veludo alemão, seda pura Indiana, linho Indiano, e por ai vai! Foi um ESPETACULO ESPETACULOSO,  era um época que diferenciação, excelência na modelagem,  bom gosto, ousadia e exclusividade faziam toda a diferença. Assim nasceu a Crazy Queen,  que fornecia para as melhores marcas do Rio, entre elas, Maria Bonita, Mara Mac,  Animale, Cantão,  Shop 126,  Guess, Fabricatto, pronta entrega no Rio para todo o Brasil.

Em 2000, tive um cancer que me fez rever tudo, todos os valores e graças à Deus, Papai do Céu, me deu outra chance!! Amém …2002 fiz um programa de TV, CHEILA COM C, ,sobre moda e comportamento  tendências, viagens, dicas de restaurantes Museus, como pesquisar moda e onde, designers diferenciados como os belgas na época que também fez a diferença!!! Neste mesmo período abri uma loja numa casa do Séc. 18,  com três andares, projeto inovador, pois ainda nao exisitia no Brasil, loja com Bistrot, Galleria de Arte  e multimarcas, já existia a DASLU, mas a DIVINA ARTE, mistiurou arte, gastronomia, moda e palestras. SUCESSO capa e duas páginas no Caderno Ela do Globo na época!

Em  2008  comecei com uma página de moda na Revista do Jornal O Fluminense assinando a coluna Cheila com C…..fique até DEZEMBRO DE 2017.  Hoje trabalho com Consultoria e estou aqui para trocar, APRENDER, ensinar. brincar, rir e continuar alçando novos vôos!!! Vêm comigo, vai ser muito bom!

Louis Vuitton & Copa do Mundo

COM C, em 18-6-18

Para os mais fanáticos, há uma Keepall sob encomenda, disponível em oito cores e cinco acabamentos, que combinam com a bandeira de quase todos os países da Copa.

Parceira Oficial da Copa do Mundo da FIFA desde 2010, A LV lancou a colecão cápsula inspirada naquele que é o maior icone do futebol: A BOLA.  Se você é tipo apaixonada por ícones, corra1 No Brasil, as peças serão vendidas somente na loja do shopping Cidade Jardim, em São Paulo, onde desembaram no dia 14 de junho.

 

STATUS DE LUXO

A ascensão do streetwear ao status de luxo elevou as vendas de artigos AAA. Homenagear a irreverência, a perturbação ou mesmo o comportamento de risco é um bônus adicional significativo.

Marcas do varejo de moda de luxo têm gerado novos contornos, sem precedentes, impulsionados pelo streetwear. UM exemplo é a Gucci. Sua série Guccy Primavera/Verão 2018 é uma coleção de acessórios na qual o nome e o logotipo da marca foram modificados com uma fonte retro emprestada oficialmente da marca de jogos japonesa SEGA.

DESEJO

Mérito de um  je ne sais quoi carioca “somado a um design que é sexy e cool, ao mesmo tempo, e que transita da festa ao escritório, com 27 anos de história e, atualmente, sob direção criativa de Vitorino Campos, a ANIMALE é uma das marcas mais consolidadas e desejadas do Brasil.

MAXI TUDO – ALFAIATARIA

Quanto maior, melhor: aposte na alfaiataria máxi no inverno.    Nada de tailleurzinhos acinturados: a alfaiataria da vez é emprestada do guarda-roupa masculino e permite despojamento. Maxi blazer 80’s: os anos 80 seguem em alta, o que não significa andar de lurex e paetê o dia inteiro. Uma forma sutil de aderir à tendência é resgatando o blazer com ombreira e, para não parecer saída do túnel do tempo, acessorizar com peças esportivas e divertidas.

. (por www.rioinformal.com/cheila-de-paula-campos/)

Moda Internacional Inverno 2018/19

 

Moda Internacional Inverno 2018/19

Terminada a temporada de desfiles do eixo Nova York -Londres-Milão-Paris, você vai encontrar aqui tudo o que você precisa saber.
Das tendências definitivas da estação (dá-lhe BRILHO, NEON e LAYERING!!) passando pelas modelos para ficar de olho e os acessórios que fizeram os olhos dos fashionistas brilharem na primeira fila, confira abaixo a lista definitiva para se guiar pela moda nos próximos meses.
AS ITALIANAS – inverno2018/19
Os looks (foto)da esquerda para a direita, confira:
DOLCE&GABBANA – Foi sua coleção mais jovem! Tudo ultra decorado, referências bizantinas.
MARNI – Harmonia de cores vibrantes e texturas como vinis e tricôs.
MAX MARA – Saias longas de lã xadrez com t-shirts souvenir.
PRADA – O clima era fururista, mas um futuro que bebe no retrô. Cartela exclusivamente fluorescente – Materiais Plástico, tule e tweed
VERSACE – Trabalhou franjas, xadrezes e estampas barrocas, ora pendia para o folk, ora para o street.
MISSONI – Calças soltinhas de cóz baixa ganharam a companhiade tricos desabadosou blazers, ambos sempre alongados.Um styling de sobreposições instigantes.
GUCCI – Veludo jacquard e todo tipo de brilho, sob leves sobreposições de tule transparente ou street. (por Cheila de Paula Campos)

Diversidade na Moda Milão

Cheila de Paula Campos: Falando de Moda
A Dolce & Gabbana decidiu levar algumas modelos plus size e da terceira idade para a passarela de sua alta moda. Armado na Metropolitan Opera, o desfile foi aberto por Karlie Kloss – que vestia um imponente look de plumas vermelhas – e contou com Maye Musk e Ashley Graham, entre outros nomes que lideram o movimento pela diversidade na moda. (por Cheila de Paula Campos)
shares
Scroll Up